Astrologia: O nosso signo lunar!

Oi princesas, tudo bem?

A pedidos da Nathy eu hoje vim falar de um assunto que não tem nada a ver com beleza ou futebol, mas que geralmente agrada muito não só as mulheres, mas a todas as pessoas que gostam de um pouquinho de astrologia e de conhecer um pouco mais sobre elas mesmas.

Eu sou uma astróloga amadora!! Porque eu adoro esse assunto, já fiz um monte de cursos e leio bastante sobre o assunto e por isso que minha amiga pediu para eu fazer uns posts de umas coisas simples mas bem legais de astrologia para vocês! Espero que gostem e se gostaram, provavelmente vai virar uma coluna semanal no nosso blog.

Então, vamos começar.

A astrologia é uma coisa tão comum no nosso dia a dia que sempre sabemos qual o nosso signo solar, ou seja, o signo em que o sol estava no dia do seu nascimento. E ele nos dá algumas caracteristicas que estamos bem acostumadas a ler por ai.

O que eu vou tentar mostrar para vocês é que nosso mapa astral é composto de vários planetas e cada um deles representa uma parte no estudo da personalidade de uma pessoa.

O primeiro planeta que vou falar é a lua, tudo bem que a lua não é um planeta, mas um satélite da Terra!! Mas em termos de mapa astral ela é considerada um planeta. E cada pessoa tem o seu signo lunar, que é o signo que a Lua estava no dia do seu nascimento.

O signo lunar de uma pessoal  é responsável pela nossa receptividade, pela nossa imaginação, por nossa sensibilidade, pelas nossa reações, hábitos e memórias, pela forma como nos adaptamos ao meio-ambiente e expressamos nossas emoções.

A posição da lua no seu mapa é quase tão importante quando a so Sol, mas a sua influência é diferente. A lua é sua vida emocional. Ela se relaciona com as respostas emocionais imediatas. São aquelas reações dadas por condicionamento; a memória e o que se aprendeu do comportamento dos pais. A influência da Lua é mais sutil, porque se relaciona a personalidade por baixo da superfície; seus sentimentos e seu inconsciente. Ela mostra como você reage com aqueles ao seu redor baseada na soma das suas visões de condicioamento e auto-proteção. Frequentemente, o posicionamento da lua no seu mapa mostra um lado diferente da sua natureza, um lado permeado por emoções, criação, e padrões de comportamento que você desenvolveu com o tempo.

Para saber o seu signo lunar eu vou deixar um site em que se pode calcula-lo. Porque seria muito trabalhoso aqui colocar todas as tabelas necessárias pro cálculo e nesse mesmo site, vocês podem saber depois os outros planetas do seu mapa astral. Portanto entrem aqui, e depois da introdução vão em Mapa Cósmico e coloquem seus dados e mandem calcular.
O site pede a hora do nascimento, mas se você não souber, não tem problema. Pode colocar qq hora porque ela só vai influenciar no cálculo do ascendente.

Agora que já expliquei o que é, vou colocar as características de cada signo lunar:

Lua em Áries:

A posição Natal da Lua no Signo de Áries cria uma necessidade de atividade e ação constantes. Algumas vezes a pessoa é atropelada pelas próprias emoções. Qualquer restrição à sua independência ou a sua capacidade de decidir por si mesmo, o que é melhor para ela, a deixa emocionalmente abalada e isso provoca um impulso para se descartar do objeto que provocou esse sentimento. Quando sentem uma ameaça à sua segurança saem armados contra o objeto ameaçador, lançando um grito de guerra e pode-se esperar uma explosão emocional. O que essa pessoa espera dos outros é que aceitem os seus rompantes emocionais, exatamente pelo o que são: rompantes e passageiros como uma tempestade.

Mau gênio e mau humor podem ser freqüentes nesta Lua. Se as pessoas permitissem que expusessem sua raiva sem se sentirem agredidos ou diminuídos, confiariam muito mais nos outros. Reagem impulsivamente a menor provocação. Não tem a menor paciência para frustração. emocional e para o atraso na satisfação de suas necessidades que consideram sempre mais urgentes do que a do outros. Irritam-se facilmente quando sentem que alguém invade seus domínios sem os consultar. São muito sensíveis à falta de consideração e de respeito à individualidade deles.
As atitudes podem ser bastante infantis quando estão sob impacto emocional. Têm momentos de raiva e agressividade e logo depois esquecem o que passou e não ficam remoendo as coisas: deixam isso para os outros. A prova de que estão atingidos e sensibilizados se mede pelo crescimento da hostilidade, agressividade, irritabilidade e intolerância. O que mais nutre esta Lua de Áries é a sinceridade. Sempre mostram o que sentem. Preferem encarar imediatamente as coisas que estão incomodando e resolvê-las; partindo logo para outra situação. Essas pessoas se alimentam emocionalmente do ímpeto, da garra e do estímulo. Ver-se dominado pelas circunstâncias sem a possibilidade de interferir no rumo dos fatos ou de mudar a direção das velas, deixa a pessoa de Lua em Áries emocionalmente esvaziada. Detestam as pessoas desanimadas e medrosas. Ficam inseguros com elas. o que os consola é serem encorajados e não poupados ou protegidos. É o desafio e a coragem que a nutre.


Lua em Touro
 
A posição Natal da Lua no Signo de Touro é muito favorável. Essas pessoas tem um humor estável, afável e uma maneira muito descomplicada de lidar com as próprias emoções Seus sentimentos são duradouros e confiáveis. Ligam-se com mais facilidade às pessoas estáveis e que prometem vínculos mais permanentes. Apreciam o conforto emocional e não entendem nada a respeito de crises e provocações "só para manter as relações aquecidas". Para eles "quem ama cuida" e pronto.

Ficam completamente desestabilizados quando perdem, ainda que seja, um pouco de sua habitual segurança material ou emocional ou quando alguma coisa muda em suas vidas. São muito apegados quando gostam de alguém O carinho físico não pode falta porque é a prova de que existe sentimento e ligação. Sentem os outros pelos sentidos. Toque, abraço, beijo, carícias, contato é o que mais os nutrem. Sentem necessidade de ter coisas ou pessoas São colecionadores em potencial e guardam tudo que lhes pertence.
Se quisermos consolar ou acalmar uma pessoa de Lua em Touro devemos dar conselhos muito concretos, de uma forma que ela possa realizá-los. Devemos ser práticos e simplificar as coisas. O que é conhecido, estável, garantido é o que dá a sensação de proteção para uma pessoa de Lua em Touro. Nada de novidades, surpresas e flutuação.
Procuram conforto e gratificação física quando se sentem emocionalmente frustrados. Andar descalço, tomar um bom banho e comer algo delicioso são boas sugestões. Muito verde e natureza para manter as emoções em paz. É outra boa sugestão. É indispensável terem as contas pagas em dia para se sentirem emocionalmente bem. O que mais lhes tira o sono é uma redução da conta bancária. Sabem melhor do que ninguém cultivar e conservar seus laços de afetos.
Manso de natureza jamais ferem aqueles que amam. Para eles quem ama trata bem. Possessividade e ciúmes é um problemas para a Lua neste Signo, porque gostam muito do que possuem. Tem muita dificuldade de desistir do que gostam e levam muito tempo para superar uma frustração. Buscam o aconchego das relações estáveis e sabem conservá-las com muita sensualidade. São fiéis e exigem fidelidade. São muito prudentes emocionalmente, dificilmente se atraem por situações que os deixariam estressados, inseguros. Não se atrevem a entrar em situações onde não conhecem as suas chances.


Lua em Gêmeos
 
A posição Natal da Lua no Signo de Gêmeos cria uma necessidade de racionalizar os sentimentos e as emoções e depois comunicá-los. Precisam que as pessoas ouçam o que elas sentem. A palavra é a grande aliada dos seus sentimentos. Sabem colocar em palavras o que estão sentindo e conseguem muita coisa por causa disto. Querem aprender tudo sobre o mundo das emoções.

Quando estão tocados por alguma emoção, pensam, pensam, pensam e decidem, mentalmente, o destino daquele sentimento. Não sabem o que sentem. sabem o que pensam sobre o que sentem A sua segurança emocional está ligada a possibilidade de compreenderem o que está acontecendo e ajustar a mente a isto. Querem saber o que e o porque de tudo. O contato social, casual com outras pessoas é para eles uma necessidade emocional.
Sentem-se satisfeitos em meio a uma certa agitação e quando estão fazendo várias coisas ao mesmo tempo. Também se sentem felizes quando estão em movimento, explorando novos lugares e conversando com as pessoas sobre os mais diversos assuntos. Abominam a solidão. Tudo que possam ler, aprender, e conversar sobre o assunto que os afeta, os deixará emocionalmente mais seguros. Pessoas inteligentes, articuladas , intelectualmente preparadas e com habilidade verbal dão muito mais amparo do que alguém afetivo, prestativo ou mesmo gentil.
Detestam gente burra. Ficam inseguros com elas. Seus sentimentos, estranhamente, obedecem a uma lógica. Têm humor variável e emoções instáveis. Podem mudar seus sentimentos em relação a alguém ou a alguma coisa, e estas perderem ou ganharem importância de uma hora para outra.
Sentem-se mais à vontade na cidade do que no campo. Para manter o interesse num relacionamento estável precisam se complementar com relacionamentos sociais e de amizade. Envolvimentos emocionais muito profundos e próximos podem deixá-los inquietos Preferem as relações mais soltas e mais leves. São avessos a demonstração de ciúme, possessividade e drama. Acreditam que tudo pode ser resolvido pela conversa. Para eles o sexo começa na cabeça e só depois de se sentirem envolvidos mentalmente por alguém é que se sentirão atraídos fisicamente.


Lua em Câncer
 
A posição Natal da Lua no Signo de Câncer é indicativo de pessoas extremamente emotivas e sensíveis. Essas pessoas tem muito mais facilidade de lidar com situações com as quais já tenham intimidade e familiaridade. Só se abrem depois de conquistarem a intimidade necessária. Precisam de atenção a maior parte do tempo e têm uma tendência a levar tudo para o terreno pessoal o que faz com que se magoem muito facilmente. Quando isso acontece, se retraem numa atitude infantil, "emburram" e vão para o canto.

Uma tendência à nostalgia e a se refugiar nas situações do passado onde se sentiram emocionalmente bem e seguros, pode predominar. Sentem-se extremamente sensibilizados quando recebem gestos de carinho e ternura. As coisas e pessoas novas com as quais não estão familiarizados ou não tem referências, as deixam inseguras e desconfortáveis emocionalmente. Tudo precisa ser digerido emocionalmente e o fazem lentamente. As situações que lembram algum fato passado trazem à memória toda a carga emocional daquele fato fazendo com que a pessoa reviva todas as emoções e sensações daquela ocasião.
Tem mania de adiar coisas desagradáveis ao invés de enfrentá-las ou resolvê-las. Têm uma necessidade de estarem vinculados e envolvidos para se sentirem emocionalmente nutridos e alimentados. As experiências de infância deixam marcas muito fortes nessas pessoas. Vivenciar a maternidade ou situações onde se possa exercer a função de cuidar e nutrir é essencial para essas pessoas.
Não precisam de suporte material dos outros e sim emocional. Sentimentais, choram com facilidade, principalmente, quando o assunto envolve crianças e desamparados. Precisam dar um tempo no seu canto, no seu ninho, para absorverem e digerirem as coisa que incomodaram. Reagem sempre melhor depois de passar algum tempo.
Essas pessoas se sentem bem atingidas por aquilo que chamam de "falta de sensibilidade" dos outros, negligência e descuido. Precisam que sejam receptivos às necessidades deles e que sejam protetores e reconfortadores com eles. São emocionalmente frágeis. Tem uma sensibilidade toda especial para perceber o momento das pessoas; a hora que se tem abertura para se aproximar e a hora em que se deve recuar. Sentir-se enraizado, com a sensação de pertencimento lhes dá imenso prazer.
 
Lua em Leão
 
A posição Natal da Lua no Signo de Leão cria nas pessoas uma necessidade muito grande de serem homenageadas. É importante que os outros as aprovem com elogios, louvor e admiração. Ficam facilmente ressentidos quando notam que os outros dão preferência e mais atenção a outras pessoas do que a elas. A necessidade de se sentir no centro das atenções é o ponto de vulnerabilidade emocional deles. Precisam se sentir eleitos, escolhidos, para garantir sua estabilidade emocional.

Uma certa vaidade, orgulho pessoal e sensação de fazerem as coisas melhor do que os outros é a forma de se sentirem emocionalmente superiores. Precisam fazer o que gostam, se dar prazer e viver o lado mais festivo da vida, para se sentirem emocionalmente nutridos. O que sentem é sempre especial, mais importante do que os outros sentem e digno de atenção e homenagem. Se forem atendidos em segundo lugar ou depois de um compromisso, para eles não serve mais. Perdeu a toda validade emocional. Criam propositalmente situações para checar se estão lhe dando um tratamento especial.
Ser festejado e bem recebido, saber que as pessoas escolheram estar com eles, acima de outras opções, deixará esta pessoa maravilhada. Este sentimento de ser importante, especial, cria neles uma atitude emocional muito generosa e engrandecida. Sempre dê espaço para que essa pessoa atue de uma maneira nobre, magnânima, digna de admiração. Poder demonstrar lealdade dentro de uma situação difícil, pedir perdão, conceder perdão, os deixará emocionalmente muito confortáveis. Sempre devemos investir nos melhores sentimentos deles. Eles agradecerão.
Atos de lealdade e sensação de estar lidando com pessoas leais e magnânimas é profundamente assegurador para essa personalidade. A melhor coisa que esta pessoa pode fazer para se consolar é ficar bem perante seus próprios olhos. É manter a sua dignidade diante dos fatos. É preservar sua auto estima. Eles sabem fazer isto muito bem.
Um pouco egoístas, pensam primeiro no que estão sentindo e buscam satisfazer em primeiro lugar as próprias necessidade. Precisam admirar as pessoas com as quais se envolvem. Têm dificuldade de manter uma relação com as pessoas das quais não têm um bom conceito. Leais, não esquecem os amigos e quem os ajudou. Orgulhosos, não esquecem quem os traiu.
 
Lua em Virgem
 
A posição Natal da Lua no Signo de Virgem faz com as pessoas facilmente se desestabilizem com a desordem e a falta de higiene. Tudo arrumadinho nos seus lugares, nos seus devidos horários e previsível, dá a sensação de segurança emocional. O caos tira a tranqüilidade assim como as coisas que não funcionam; principalmente em casa. Pode desenvolver pequenas manias e uma maneira sistemática de fazer as coisas como: gestos repetidos, hábitos que não se quebram, como se isso pudesse assegurar um contorno estável para as suas emoções.

Buscam um ritmo. Uma métrica. Para se sentirem seguros, estabelecem uma rotina diária com critérios muito sistematizados para esse cotidiano. O espírito crítico atrapalha um pouco essa pessoa a fazer vínculos mais íntimos e próximos. Analisar uma situação até que todos os detalhes estejam encaixados e tudo pareça arrumado numa lógica deixará esta pessoa de bem com a situação.
Discriminar os próprios sentimentos e reações emocionais aumentará a segurança deles. Encontrar uma explicação que ordene o que eles estão sentindo e porque estão sentindo lhes dará mais confiança. Cada vez que alguma peça se desmonta no sistema deles, ficam paralisados. Para eles, emoção, sentimento e necessidade devem ser sempre pequeno. Sentir só um pouquinho e de preferência o que a mente compreende. Tem medo de não conseguirem se preencher emocionalmente e lidar com seus sentimentos se estes forem grandes e imperativos demais.
Sentir-se sadio aumenta a sensação pessoal de equilíbrio emocional. Uma postura realista e prática oferece muito mais consolo para esta pessoa, do que sonhos, promessas e papo furado. Podem ter uma atitude muito crítica em relação às próprias emoções e às dos outros, principalmente quando elas saem do controle. Podem ser muito tímidos na demonstração dos afetos e das emoções. São muito analíticos em relação às pessoas com as quais estão mais envolvidos e permitem muito pouco erro a essas pessoas. Quanto mais íntimos, mais críticos.
Tem uma necessidade psicológica de estarem programados e preparados para tudo, de modo que, é difícil surpreendê-los. São muito solícitos e prestativos com as pessoas próximas e pode-se contar com eles para assuntos os quais a maioria das pessoas não está disponível. Como por exemplo, casos de doença.
 
Lua em Libra
 
A posição Natal da Lua no Signo de Libra é a típica posição de uma pessoa sociável que necessita de contatos e relacionamentos para se sentir nutrida. Tem uma necessidade enorme de companhia e fica bastante desorientada quando presencia injustiça contra si ou contra terceiros.

Reciprocidade, harmonia, equilíbrio e correspondência nas relação são a base do que essa Lua em Libra busca nos seus vínculos. Sentem-se desconfortável quando as emoções saem da equilíbrio e se tornam mais intensas do que a balança de Libra determina como medida ideal Gostam de sentir apenas o que corresponde aquela situação vivida. Qualquer emoção que extrapole é sentido como despropositada e causa grande ansiedade.
Também gostam de sentir apenas as emoções bonitas como: saudade, entusiasmo, apreço, prazer e se censuram diante de emoções menos nobres como: ciúmes, posse, inveja, raiva, etc. Capazes de manter uma objetividade e de cultivar uma imparcialidade diante de fatos mesmo quando estão emocionalmente envolvidos.
Detestam quando se vêem induzidos a comportamentos mesquinhos, pequenos, passionais ou quando se vêem perdendo o bom julgamento da situação só porque estão funcionando sob o domínio da emoção. Para eles, quanto mais emocionados mais necessidade de manter o equilíbrio.
As crises e as reações emocionais destemperadas são sentidas por eles como: falta de elegância e de inteligência emocional. Tem especial sensibilidade para a estética e para o bom gosto. A sinceridade, a autenticidade e a espontaneidade emocionais não são bem acolhidas nesta posição e, sim, a educação, os gestos amáveis, as trocas de gentilezas e cordialidade. A diplomacia supera a sinceridade; e o espírito de conciliação, os conflitos e os ressentimentos. O que faz bem emocionalmente para essa pessoa é sentir que consegue harmonizar uma situação com o mínimo de desgaste possível para todas as partes envolvidas.
Para se envolverem com alguém precisam de um toque de glamour e, exigem que a pessoa tenha muito cuidado com a aparência. Podem até escolher seus pares pela aparência. A casa deles será sempre um lugar de bom gosto e elegância.
Liberais, democráticos têm um tato especial para lidar com as pessoas e acham que ninguém tem o direito mandar ou interferir na vida alheia. Sabem agradar as pessoas e contornar as áreas de possível conflito. Para eles, a melhor forma de consolar alguém é fazer com que a pessoa fique de fora da situação e analise tudo com menos envolvimento.


 
Lua em Escorpião
 
A posição Natal da Lua no Signo de Escorpião cria uma necessidade de experiências emocionais intensas, fortes e profundas. Vivem as questões emocionais na base do tudo ou nada.Não conseguem o equilíbrio. Para satisfazer o lado emocional precisam de experiências mais verdadeiras e levar tudo até o fim.

Podem ter reações extremas ou passionais quando estão sob o domínio de um sentimento. Nesses casos, ficam obsessivos com o objeto que provocou o sentimento até descarregarem todo o conteúdo emocional contido nele. Só melhoram ou se curam de um desconforto emocional quando vão até o fundo daquele sentimento e o atravessam. Há uma grande necessidade de controle total da situação para se setirem seguros.
A emoção mais recorrente está ligada ao medo e a expectativa de abandono e traição. Há um certo sentimento constante de suspeita, desconfiança que só é eliminado quando "sentem" completamente o outro por inteiro. Ficam extremamente mobilizados diante do menor distanciamento emocional da pessoa a quem eles estão ligados e a reação é se "vingar" com uma profunda frieza.
Muitas vezes, por medo de perder as pessoas, abandonam o barco e, destroem relacionamentos e amizades que estavam longe do fim. Quando alguma coisa os incomoda emocionalmente abortam o objeto que provoca aquele desconforto. Quando feridos a reação pode ser tanto de frieza e desprezo quanto de violento ataque contra a pessoa que causou o sofrimento.
Justiça para eles é punir o outro pelo que o fez sentir. E para eles a maior punição é o abandono - o silencio. - deixar o outro no vazio, na falta, no escuro. Podem ficar bastante sarcásticos quando tocados por uma emoção. Tem uma tendência a testar o sentimentos das pessoas por elas para ver se são verdadeiros e profundos como precisam que sejam.
São extremamente gratos diante de um comportamento honesto e verdadeiro de alguém. Detestam se sentir enganados ou mesmo poupados. Esperam que as pessoas a quem estão ligados sejam capazes de acolher suas emoções mais feias como: ciúmes, cólera, desconfiança e possessividade e agüentar tudo para que seja realmente um vínculo forte e verdadeiro.
Sentem-se protegidos a medida que controlam e tem poder sobre suas poderosas emoções Precisam esgotar seus sentimentos e necessidades emocionais para se livrar deles. Para as pessoas de Lua em Escorpião só existem dois tipos de pessoas: as que elas gostam e as que não existem.
 
Lua em Sagitário:
 
A posição Natal da Lua no Signo de Sagitário faz com que quando essas pessoas não se sentem bem numa situação, a primeira coisa que fazem é se afastar o mais distante possível daquilo. Ir para longe do que causa transtorno emocional é sempre a melhor saída para eles.

A emoção que mais cultivam é o entusiasmo. Gostam de se sentir triunfantes, otimistas e cheios de fé na vida e nas suas possibilidades. Quando estão tocados por alguma emoção buscam sempre olhar a situação pelo ângulo mais favorável. Detestam o baixo astral, o pessimismo e as emoções dramáticas. Quando estão emocionalmente envolvidos tentam manter o ânimo mais leve possível e buscam sempre um sentimento mais elevado que dê à situação que estejam vivendo alguma nobreza.
Um sentimento forte de liberdade e de aventura dominam suas almas e se sentem satisfeitos quando estão vivendo essas duas emoções. Sair por cima, com moral alta é um lema para as pessoas nascidas com a Lua em Sagitário. Têm pouco apego ao passado, às memórias e costumam não se lembrar ou mesmo embaralhar as recordações.
Quando querem sair de uma situação que os incomoda, pensam numa forma de realizar alguma coisa grandiosa no futuro. Pensam no horizonte. para além do que estão vivendo. Não querem compaixão: querem engrandecimento. Se queremos confortá-los devemos ajudá-los a abrir novos horizontes, montar seu cavalo e lançar suas flechas para alvos longínquos .
O bom humor, o aconselhamento positivo, a fé em resultados melhores, a percepção das coisas pelo seu lado mais favorável; isso é que torna o universo dessa pessoa mais satisfatório. O sentimento de o que o melhor ainda está por vir e precisa ser buscado é altamente reconfortador para esta pessoa. Não estabelecer metas pequenas; topar desafios, aventurar-se na conquista de metas distantes é algo que exerce um efeito confortador.
Ambientes que estimulam a liberdade, o crescimento, dão muito mais alimento emocional do que pessoas carinhosas ou dedicadas. Dizer a elas próprias que devem confiar e infundir em si mesmas sentimentos otimistas é o melhor que essas pessoas podem fazer para se sentir bem.
Expressam suas emoções com a veemência dos signos de fogo, mas não guardam rancor e esquecem tudo de ruim que passou. Preferem o envolvimento com pessoas inteligentes e que extraem da vida um conhecimento filosófico. Gostam de mudar, variar. Detestam a rotina e se entediam com facilidade.
 
Lua em Capricórnio:
 
A posição Natal da Lua no Signo de Capricórnio é típica das pessoas que não gostam de demonstrar o que sentem. Põem uma máscara fria e reservada para proteger suas emoções. Tem necessidade de vínculos seguros e estáveis. Só se ligam à situações confiáveis.

Sentem-se muito mal quando dependentes emocionalmente e materialmente de terceiros. Acham a dependência uma vergonha e as emoções, uma fraqueza. Bastante duros consigo mesmos, se tratam com austeridade e crítica quando estão derrotados por algum sentimento. Quando atingidos emocionalmente se fecham, ficam impenetráveis e precisam de um tempo "a sós" para lidar com seus próprios sentimentos.
Quanto mais atingidos, mais controlados se tornam e menos demonstram o que sentem. Lidar com os próprios sentimentos ou os alheios é sempre problemático para esta Lua, já que o controle é a palavra chave do Capricorniano. Com muito medo de não serem aceitos, com uma insegurança básica e um sentimento de rejeição estrutura, costumam ostentar uma indiferença para mascarar essas fraquezas. Orgulhosos, para eles demonstrar carência é se expor demais
Sentem-se emocionalmente seguros quando estão produzindo, estabilizados materialmente e reconhecidos dentro da profissão. A vida material é para eles uma fonte de nutrição emocional. O que mais os magoa é não se sentirem respeitados e duvidarem de sua seriedade e credibilidade. Sentem-se mais seguros quando a situação é bem definida, objetiva e estruturada.
É possível que eles próprios se ponham tarefas e deveres excessivos e se cobrem perfeição. Obrigam-se a sair da cama doentes e ir trabalhar e se culpam se não o fizerem. Tem um medo muito grande de que alguma emoção mais forte burle o controle, ganhe expressão e vulnerabilize por completo toda a personalidade. Essa pessoas temem a vulnerabilidade que as emoções provocam e duvidam que possam ser atendidos quando suas necessidades forem expressas.
Quando estão mais carentes ficam pessimistas e irônicos. Donos de um senso de humor muito especial podem ser bastante engraçados, principalmente, quando estão emocionalmente atingidos. Brincam com os próprios sentimentos para tirar-lhe a severidade Não é fácil ficar íntimo deles. Conservarão uma certa formalidade, distância mesmo para as pessoas mais próximas. Tem sempre algo preservado neles.
Detestam toda forma de vulgaridade e demonstração pública de afeto. São bastante críticos com as pessoas mais próximas e querem torná-las perfeitas Sentem-se muito inseguros com pessoas incompetentes, por isso, preferem o apoio de profissionais. Quando querem criticar alguém se referem a eles como ridículo


Lua em Aquário:
 
A posição Natal da Lua no Signo de Aquário é própria de pessoas que detestam cobranças emocionais de qualquer tipo. Não gostam de se ligar à pessoas mais melosas, carentes ou emocionalmente exigentes. O seu padrão emocional é de liberdade, espaço, autonomia. Dramas e ciúmes são muito mal vistos.

Extremamente sociáveis, gostam de se sentir ligados a grupos e amigos e se nutrem mais dessas relações do que de situações mais íntimas. Quando estão muito tocados ou subjugados por uma emoção, tentam esfriá-la ou cortá-la para recuperar a liberdade que gostam de manter em relação às pessoas e às coisas. Não sentem igual a todo mundo e não têm as reações previsíveis. Nunca se sabe como eles podem se sentir em relação a alguma coisa.
Espontâneos, francos em relação às suas emoções podem nos surpreender com demonstrações completamente diretas e sem rodeios de seus sentimentos. Podem parecer frios e distantes quando vamos a eles buscando carinho e intimidade. Quanto mais se tenta aproximar deles mais fogem. Quanto mais os deixamos à vontade e soltos mais se aproximam.
Têm uma habilidade única de deixar os outros fora da vida deles. Podem se enjoar com facilidade de uma pessoa ou de uma situação e, de uma hora para outra se desligar delas; buscando novos interesses e novos lugares. Não pergunte a eles sobre seus sentimentos a menos que queiram conhecer a verdade. Quando entram na fase da novidade, não insista: qualquer outra coisa vai parecer mais estimulante do que o que eles têm na mão.
Não caem em chantagens emocional, não atendem à cobranças e não se mobilizam com o descontrole emocional dos outros. Ninguém de quem depender - ninguém dependendo deles: este é o seu lema. Espaços livres, universos separados, laços e vínculos que incluem respeito à liberdade de cada um --é assim que se sentem bem.
Essa Lua não pede mimo, nem paparico, nem zelo. Pede que a deixem livre inclusive que não prestem atenção demais nela. Pede que suas necessidades possam variar. As afinidades intelectuais são pré requisitos para as ligações emocionais Essa pessoa se sente sufocada e acuada muito facilmente, então o pior é cobrar e pressionar. Se alguma coisa não vai bem não vão tentar consertar ou resolver. Para elas é emocionalmente mais simples cortar e cair fora. O melhor consolo é dizer-lhes que não estão obrigados a nada se não quiserem; que eles têm sempre uma outra opção; que podem deixar tudo para trás e inverter totalmente, a ordem das coisas
 
Lua em Peixes:
 
A posição Natal da Lua no Signo de Peixes é típica de pessoas com uma sensibilidade refinada e especial. Sentem e percebem coisas totalmente despercebidas para os outros. Tolerantes e compreensivos devido ao extremo sentimento de compaixão.

Bastante empáticos, são tocados pelos sentimentos e emoções dos outros. É crítico para eles manterem uma fronteira emocional e separar as suas impressões e emoções das dos outros. Imaginativos, podem sentir coisas e reagir a elas sem que nada daquilo esteja realmente acontecendo. Funcionam melhor se tiverem um despertar, um começo de dia suave, porque vão voltando do estado do sonho e do sono aos poucos.
São vulneráveis a cair em ilusão e encantamentos. Muitos vezes têm emoções confusas, com a sensação de que algo está acontecendo ou para acontecer sem detectar exatamente o que seja. Sentem tudo, pressentem tudo. Impressionam-se com tudo. Como uma pedrinha jogada na superfície de um lago e que produz sucessivas ondas por vários minutos. Embora o estímulo seja pequeno a reação é ampla. Sua instabilidade emocional é resultado dessa grande porosidade em relação ao que os cerca.
Sentem-se bem ajudando as pessoas em aflição e apuros Pode haver uma grande riqueza e um variado repertório emocional nessa personalidade. Há algo de sutil em como percebem os sentimentos alheios e captam a atmosfera dos ambientes. Há um grande anseio de fusão através dos vínculos emocionais. Elas sabem que no terrenos da emoções as coisas não são arrumadinhas. O que as pessoas dizem, não é o que elas sentem. O que elas sentem, não é o que elas sabem, etc. Que tudo é muito sutil, variável e possível, portanto, em matéria de sentimento e reações não se pode levar tudo ao pé da letra.
Tratar com delicadeza, sem crítica, sem julgamento, com aceitação e compreensão os próprios sentimentos e os dos outros é uma grande qualidade dessa Lua. Quando não estão bem, para se confortarem começam a imaginar uma situação idílica, melhor e, que não tem nada a ver com aquilo que estão vivendo.
Saber que não estão isolados nos seus sentimentos; que não são os únicos a sentir aquilo... que aquilo que sentem todos sentem num dado momento, sob certas condições, é o que torna possível o contato entre as pessoas. Elas se nutrem e nutrem os demais poetizando as coisas. Facilmente entram no terreno da fantasia e das possibilidades irreais para se confortarem. Muitas vezes não sabem porque estão sentindo o que estão sentindo.


Bom meninas, espero que vocês gostem e me digam o que acharam!! Qualquer dúvida deixem nos comentários que eu terei o maior prazer em tentar esclarecer.

Beijos,

Rosana

P.S: As descrições dos signos lunares foram tirados do livro da Lua da autora Marcia Mattos.

5 comentários:

Nathy disse...

O.o Caraca, sou eu!! ahaha igualziiinho!!! To boba!!
ahahahahahah

Adorei o post Rosana!!

Isa Lira disse...

Rosanaaaaaaaaaaaa, o que é isso? Nem eu mesma me descreveria melhor! Fui lá no site que você indicou e meu signo lunar é Cancêr, ai fiquei besta quando li o perfil, se encaixa perfeitamente, eu não mudaria uma palavra, destaque para a parte que diz: "têm uma tendência a levar tudo para o terreno pessoal o que faz com que se magoem muito facilmente. Quando isso acontece, se retraem numa atitude infantil, "emburram" e vão para o canto" HAHAHAHA Eu SEMPRE faço isso!
Vocês estão de parabéns :) Tem que virar coluna semanal *-*
Beijos princesas

Maris Previtera disse...

ADOREIIIIIIIII....mas meu signo lunar não tem muito haver comigo , pois lá dizia "não gostam de demonstrar o que sentem " e eu sou exatamente o contrário quem me conheçe sabe muito bem disso e as pessoas costumam me dizer "dá para ver quando vc não gosta de algo ou de alguém só de te olhar" portanto sou muito transparente .
Parabéns Rosana !!!!! Espero que escreva mais sobre esse assunto .
Bjs

Rosana disse...

Ai que bom que vocês gostaram meninas!!! Então o pedido está anotado e vai virar coluna semanal sim!!

Maris, como eu disse o nosso mapa astral, que é meio que um raio x do nosso modo de ser e se comportar não é só composto do signo lunar e do solar. Mas sim de várias outras coisas que eu vou estar mostrando aqui para vocês nas próximas semanas.
Talvez você não tenha se reconhecido no signo lunar porque ele não é o modo como você demonstra suas emoções, mas sim reage a elas internamente.

Semana que vem eu vou tentar mostrar o ascendente para vocês!

Beijos e até a próxima.

Fernanda Naomi disse...

Rosana,

Bastante interessante. Me identifiquei com bastante coisa. Só fiquei com uma dúvida, qual a diferença sobre Sol e Lua e como isso pode se refletir na pessoa. E também o ascendente?

Tipo, uma aula completa sobre o assunto, sabe? rs

Beijos

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up